Cristina Ranzolin: 2023 é um ano que fica marcado na minha vida profissional.

Cristina Ranzolin
2023 é um ano que fica marcado na minha vida profissional.
Fiz uma das coberturas mais difíceis em 35 anos de carreira no jornalismo: a enchente do Vale do Taquari.
Vi cidades destruídas, pessoas desoladas por perder tudo: casa, trabalho, família…a esperança de viver.
Lembro de numa das entradas ao vivo com o coração apertado descrever: “O Vale do Taquari é só lama e lágrimas”. Mas além de narrar aquela dor toda para milhares de gaúchos tive um outro trabalho importante acolher, abraçar, dar força para pessoas que costumavam a almoçar diariamente com a Cristina do outro lado da telinha e naquele momento me vendo pessoalmente queriam um abraço, precisavam de um carinho e uma palvra de fé.
E mais, eu sabia da força do nosso JA, da nossa audiência, e precisava mobilizar o Rio Grande, provocar solidariedade e empatia, outra frase marcante que lembro de ter dito é que muitas vezes eu já tinha pedido ajuda, mas naquele momento eu implorava por ajuda.
Foi bonito de ver o mar de doações e voluntários que tomaram conta da região e deram força e coragem para os moradores recomeçarem suas vidas.
Mais de 50 pessoas se foram vítimas daquela tragédia, muitos sobreviventes ainda não conseguiram recuperar sua autoestima, seus pertences, sua vida…muito triste.
Espero de coração que em 2024 elas consigam virar essa chave, que essas tragédias não se repitam e que eu possa levar notícias mais leves a todos vocês!
02-1024x1024 Cristina Ranzolin: 2023 é um ano que fica marcado na minha vida profissional.
Cristina Ranzolin
04-1024x1024 Cristina Ranzolin: 2023 é um ano que fica marcado na minha vida profissional.
Cristina Ranzolin
Cristina Ranzolin
Apresentadora e editora do Jornal do Almoço, da RBS TV.

Onde Ir

Dicas de Onde Ir, na Serra ou no Litoral
Onde Ir