Tradicionais tapetes de Corpus Christi vão homenagear cidades gaúchas atingidas por enchentes

Em Marau, os trabalhos ficam concentrados ao redor da Praça Dr Elpídio Fialho Günther Schöler / Agencia RBS

Em Marau, 99 tapetes temáticos remeterão às vítimas e municípios que enfrentaram a crise climática.

O feriado católico de Corpus Christi, marcado pelas procissões e confecção de coloridos tapetes naturais, terá um olhar diferente em 2024: vai se voltar para a arrecadação de donativos e homenagens às cidades atingidas pela enchente que causou mortes e estragos no Rio Grande do Sul.

A celebração é comemorada na quinta-feira (28) com missas para celebrar corpo e sangue de Jesus Cristo.

Em Marau, no norte do Estado, os fiéis farão quase 100 tapetes temáticos ao redor da Praça Doutor Elpídio Fialho. O trabalho fica a cargo das entidades, escolas, centros tradicionalistas, empresas e voluntários da cidade. Cada um dos tapetes terá como tema as cidades atingidas pela catástrofe, como explica o frei Marcelo Carvalho:

— O nosso tema será “Peregrinos de Amor”, em que cada tapete adotará o nome de um município atingido pela enchente. No desenho, eles vão colocar algo como o nome, fotos ou itens que remetam a vida dessas cidades.

O trânsito ao redor da praça deve ser bloqueado a partir das 6h e a montagem inicia por volta das 8h. A missa está marcada para 15h, na Igreja Matriz. Depois, haverá procissão sobre os tapetes. Eles ficarão expostos até as 20h, quando a prefeitura fará a limpeza do local.

Já em Passo Fundo, a programação ocorre no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, bairro Jardim América. Conforme o padre Eberson Fontana, haverá arrecadação de doações para os atingidos pelas enchentes no RS.

A confecção dos tapetes começa às 8h. A montagem ficará a cargo de voluntários e membros da paróquia São Vicente de Paulo, envolvendo catequizandos e familiares. A missa do Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo está marcada às 15h, e, na sequência, a procissão.

— Os tapetes devem ser montados ao redor do santuário, com temas gerais ligados à Eucaristia. O gesto da partilha da missa é que será diferente, este ano em favor da tragédia no Rio Grande do Sul — adianta o padre Eberson.

Em Carazinho, serão montados tapetes solidários com roupas e alimentos para serem doados às comunidades vulneráveis da cidade. As paróquias celebram a missa na quinta-feira às 15h, com coleta de valores também destinada para os municípios que enfrentam a crise climática.

— Ainda estamos motivando a comunidade para fazer os tapetes na parte externa, mas do lado de dentro faremos o tradicional tapete solidário, com agasalhos e alimentos. Mensalmente as famílias retiram conosco esses donativos e seguimos ajudando — comentou o Padre Joule Windson Cunha Santos.

4740137_e3188b73b585711 Tradicionais tapetes de Corpus Christi vão homenagear cidades gaúchas atingidas por enchentes
No ano passado, santuário teve quatro tapetes montados em Passo Fundo – Matheus Moraes / Agencia RBS

 

gauchazh.clicrbs.com.br

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas