Gramado proíbe distribuição de sacolas plásticas

Valor da sacola plástica será de cerca 10 centavos. RBS TV / Reprodução

Medida visa incentivar uso de embalagens mais sustentáveis; itens ainda podem ser vendidos pelo comércio.

Uma lei que entrou em vigor, na terça-feira (19), passou a proibir a distribuição de sacolas plásticas em Gramado, na serra do Rio Grande do Sul. A medida visa incentivar o uso de embalagens mais sustentáveis.

O comércio de Gramado só pode distribuir sacolinhas plásticas se cobrar por elas.

A secretaria do Meio Ambiente explica que, em caso de descumprimento, as empresas vão ser notificadas e podem ser multadas.

— Quem optar por continuar distribuindo as sacolinhas, que não seria o objetivo, pode vir a cobrar na sua nota fiscal, cobrar o preço da sacolinha. Então, alguns estabelecimentos vão preferir isso. Por causa do livre comércio, a lei não poderia estipular valores — afirma a secretária-adjunta do Meio Ambiente, Karen Nubia Oliveira.

 

Esquecimento e surpresa

Foram mais de quatro anos desde que o projeto começou a ser discutido na Câmara Municipal. Ainda assim, muitos consumidores foram surpreendidos pela medida.

— Me pegou de surpresa. Não sabia. Não tem jeito, tem que comprar. Melhor que ficar levando na mão — diz o produtor de eventos Paulo César Pereira.

Em um mercado da cidade, cada uma custa 10 centavos. O consumidor decide no caixa se vai comprar a sacola ou usar outros tipos de embalagens.

— Eu me esqueci. Tenho a sacola retornável, aquela ecológica em casa, mas ainda não estou com o costume de lembrar de trazê-la. Mas eu acho que é bacana, é só a gente ter o costume mesmo de lembrar e trazer a sacola pro supermercado — fala a enfermeira Dalila Vieira Lopes Soares.

 

Mudança de hábito

A lei vale para qualquer tipo de estabelecimento comercial da cidade. O proprietário de um supermercado afirma que os funcionários já foram orientados da nova norma.

— Os operadores de caixa perguntam: “você precisa da sacola? Quer sacola?” Vamos acreditar que isso vai dar certo — afirma Ronaldo Gallas.

Em uma ferragem, os clientes podem levar os produtos em caixas de papelão ou então comprar as sacolas por 10 centavos.

— Muitos clientes já estão trazendo a sua sacola. Então ficou uma opção bem boa. O pessoal até reclama no começo, o pessoal dá uma reclamadinha, mas depois o pessoal vai entendendo a necessidade — diz o proprietário, Flávio Zandonai.

4935306_6656256c6f6edba Gramado proíbe distribuição de sacolas plásticas
Em caso de descumprimento, as empresas vão ser notificadas e podem ser multadas. RBS TV / Reprodução

 

4935304_637c6623fe081be Gramado proíbe distribuição de sacolas plásticas

Consumidor decide no caixa se vai comprar a sacola ou usar outros tipos de embalagens. RBS TV / Reprodução 

 

gauchazh.clicrbs.com.br

Compre Aqui!

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

As Mais Lidas...​

Notícias Relacionadas