Solidariedade em tempos de adversidade: Até duas mil casas poderão ser doadas para Gramado e Canela

Após uma devastadora tragédia ambiental no Rio Grande do Sul, onde tivemos vidas perdidas, muitas famílias sem seus lares e meios de subsistência, surge uma notícia que certamente renova a esperança e auxilia na reconstrução.

Em um gesto de generosidade sem precedentes em nossa região, a Organização das Nações Unidas (ONU), através da empresa Flexcom Incorporadora, de Porto Alegre, empresa credenciada junto a esta entidade, inclusive com trabalho validado em outro país, estarão doando até 2 MIL CASAS, sendo até mil para Gramado e até mil para Canela.

As moradias serão construídas nos dois municípios, para tanto, as prefeituras de cada município já disponibilizaram áreas que já está com os dados sendo analisados pela empresa incorporadora.

O impacto dessa doação vai muito além do material. Representa a solidariedade coletiva diante da tragédia. Tal ação só foi possível graças à união de forças de pessoas fundamentais neste processo.

Em Gramado, Dra. Maria De Fátima – Médica da Família, e André Caliari, presidente do Partido Republicanos, foram ágeis em movimentar as agendas necessárias para viabilizar essa doação.

Também o Secretário Estadual de Habitação e Regularização Fundiária, o deputado Carlos Gomes (Republicanos), teve sensibilidade e disposição em ajudar a contar com as doações para nossa comunidade Gramado-Canela; ao prefeito de Gramado Nestor Tissot e seu vice-prefeito Luia Barbacovi, bem como o prefeito de Canela, Constantino Orsolin, pelo entendimento da importância que essas novas moradias terão para os moradores de ambos os municípios, atingidos pela calamidade; O empresário Normelio Barcelos; o Coronel Aldemirom; a ativista social Joziane Lemann; a vereadora de Canela, Emilia Guedes Fulcher (Republicanos) e o presidente do partido Republicano de Canela, Marcelo de Brito Drehmer, importantes interlocutores junto à Prefeitura deste município.

Enquanto o Rio Grande do Sul se recupera lentamente dos estragos deixados pela tragédia ambiental, esta doação dessas casas servirá como um lembrete poderoso de que, mesmo nas horas mais sombrias, a humanidade é capaz de brilhar com generosidade, compaixão e solidariedade.

Em Canela, a reportagem da Folha, em contato com a vereadora Emília Fulcher, soube que a área destinada para a doação das casas deve ser um imóvel adquirido pelo Município, próximo ao Caçador.

As casas são de modelos pré-montados, podem estar concluídas em até 30 dias e contam até mesmo com módulo de energia solar. As prefeituras devem ficar responsáveis pela urbanização dos lotes.

Imagem-do-WhatsApp-de-2024-06-03-as-13.53.41_02dbd044 Solidariedade em tempos de adversidade: Até duas mil casas poderão ser doadas para Gramado e Canela

 

portaldafolha.com.br

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp