Projeto de trem para ligar Porto Alegre a Gramado é apresentado ao governo do Estado; tempo da viagem é estimado em uma hora

O trem seria uma alternativa aos congestionamentos diários na BR-116 Foto: Freepik

O projeto de um trem para ligar Porto Alegre a Gramado, na Serra Gaúcha, foi detalhado ao governo do Rio Grande do Sul pelas empresas responsáveis pela iniciativa durante uma reunião na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, na quinta-feira (11).

O projeto prevê que os 84 quilômetros que separam as duas cidades sejam percorridos por um trem expresso com capacidade para cerca de 250 lugares. O tempo da viagem é estimado em uma hora. O trem seria uma alternativa aos congestionamentos diários na BR-116 e nas áreas centrais de Gramado e de Canela, em razão da alta demanda turística na região. A projeção é de que o fluxo seja de 1 milhão de passageiros por ano em cada trecho.

As empresas responsáveis pelo projeto – RG2E Engenharia Consultiva, STE Engenharia e BF Capital e SulTrens – detalharam os passos legais e estruturais para a implementação do trem. Os estudos de demanda, turismo, engenharia e topografia da região foram apresentados durante a reunião. As três opções de trajetos passam pelas áreas rurais, sendo o ponto de partida o entorno do aeroporto Salgado Filho, na Capital.

Entre os desafios do projeto, está a questão logística, pelas características geográficas da Serra. No entanto, as empresas asseguraram conhecer a tecnologia necessária para percorrer o trajeto. Foi lembrado que, nos anos 1960, já houve uma ferrovia que ligava Porto Alegre a Gramado e que, atualmente, a engenharia está muito mais avançada. Foram abordados também tópicos relacionados à segurança, com a exemplificação da sinalização de cruzamentos.

“Estamos falando de uma região cuja demanda turística cresce cada vez mais, com novas atrações surgindo e valorizando o município. Em qualquer lugar desenvolvido, o transporte ferroviário é uma realidade. Seria ótimo para o Estado ter essa opção, que não só atrairia mais turistas, mas também novos investidores”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ernani Polo.

Sobre as etapas futuras, Polo explicou que, na próxima semana, será feita uma reunião para avaliação interna do material apresentado. Posteriormente, o tema será tratado com os municípios que seriam impactados pela passagem do transporte.

O secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, afirmou que é “importante que o governo esteja envolvido em todas as etapas” do projeto.

 

osul.com.br

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas