Porto Alegre registra 141 casos de dengue

Água parada, seja ela limpa ou suja, o Aedes fêmea, vetor também da zika e da chikungunya, encontra o lugar propício para pôr seus ovos | Foto: Guilherme Almeida

No mesmo período, em 2023, foram 134 notificações e 16 casos confirmados.

Porto Alegre contabiliza 141 casos de dengue em 2024.

Do total, 106 foram contraídos na cidade (casos autóctones), 27 são importados (infecção fora da cidade) e oito não têm local de infecção determinado.

O total de casos suspeitos notificados à Equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis chega a 2.172 no período. Em 2023, no mesmo período, foram 134 notificações e 16 casos confirmados.

Os dados estão no boletim epidemiológico publicado nesta terça-feira, 20, pela Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde. A publicação apresenta informações cumulativas até a semana epidemiológica 7 de 2024 (dados de 31/12/2023 a 17/02/2024).

Dos casos confirmados, a faixa etária dos 21 a 30 anos está com a maior proporção (24,3%), e 54,8% dos pacientes são do sexo feminino. Os principais sintomas relatados pelos doentes foram febre (95,7%), mialgia (dor no corpo), com 82,9%, e cefaleia (dor de cabeça), com 82,2%.

Os casos estão distribuídos em 52 bairros: Aberta dos Morros, Agronomia, Auxiliadora, Azenha, Bela Vista, Bom Fim, Bom Jesus, Camaquã, Cavalhada, Centro Histórico, Cidade Baixa, Coronel Aparício Borges, Cristal, Cristo Redentor, Espírito Santo, Farrapos, Glória, Guarujá, Higienópolis, Hípica, Ipanema, Jardim Carvalho, Jardim Itu Sabará, Jardim Lindóia, Lageado, Lami, Lomba do Pinheiro, Mário Quintana, Medianeira, Morro Santana, Navegantes, Parque Santa Fé, Partenon, Passo da Areia, Petrópolis, Ponta Grossa, Restinga, Rubem Berta, Santa Maria Goretti, Santa Tereza, Santo Antônio, São Geraldo, São João, São José, Sarandi, Teresópolis, Tristeza, Vila Assunção, Vila Ipiranga, Vila João Pessoa, Vila Nova, Vila São José.

O Boletim Epidemiológico é uma publicação prevista no Plano de Contingência da Dengue, Zika e Chikungunya da SMS, com periodicidade quinzenal quando acionado o Nível 2 de Resposta do Plano (infestação vetorial alta somada à ocorrência de casos acima do limite superior esperado para o momento).

O nível de resposta atual é o Nível 2.

Em relação à infestação vetorial, a SE 7 registrou índice crítico, com alta infestação em 38 de 46 bairros monitorados com armadilhas. Acompanhe a situação dos bairros aqui.

Mais informações sobre a dengue e a infestação do mosquito Aedes aegypti em Porto Alegre no site www.ondeestaoaedes.com.br.

 

Correio do Povo

VOTE MATTEUS BBB 24!

É a nossa cultura sendo conhecida por todo o Brasil!!

VOTE MATTEUS BBB 24!

Compre Aqui!

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

As Mais Lidas...​

Notícias Relacionadas