Policiais gaúchos devem utilizar câmeras com tecnologia internacional até o final do ano

Foto: Gabriel Lopes/SSP

Empresa aprovada na licitação é considerada a maior fornecedora de tecnologia para segurança pública no mundo. Polícias dos Estados Unidos e Inglaterra já utilizam o equipamento.

A Brigada Militar e a Polícia Civil devem utilizar câmeras e software internacional de monitoramento de ações. Isso porque a Secretaria da Segurança Pública (SSP) finalizou a fase de testes técnicos do processo de avaliação técnica para a aquisição das primeiras câmeras corporais destinadas aos policiais civis e militares gaúchos.

O certame foi realizado com a quarta empresa colocada na licitação, a Advanta Sistemas de Telecomunicações e Serviços de Informática Ltda. O certamente foi lançado em maio de 2023, pela Subsecretaria Central de Licitações (Celic), vinculada à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG).

A empresa passou pelas fases da proposta comercial, entrega da documentação e projeto executivo. O processo finalizou com a entrega das amostras. Nos dias 26 e 27 de março, na sede da SSP, foram realizados os chamados testes de bancada.

Nesta fase, a equipe de especialistas verificou 48 itens. Entre eles, a duração da bateria; a cadeia de custódia (integridade ao manter e documentar a história cronológica dos fatos, para fins de se tornarem potenciais provas judiciais); o controle do usuário; a gestão de gravações; o relatório por operador policial; e o relatório por localização por GPS, entre outros.

O relatório final à Celic foi entregue no dia 05 de abril, com o parecer da Secretaria sobre os requisitos técnicos exigidos.

O processo de aquisição das câmeras ainda poderá passar por revisões e eventuais contestações das empresas concorrentes. Portanto, a empresa Advanta ainda não pode ser considerada vencedora.

Considerando as próximas etapas da licitação e eventuais entraves e recursos, a implantação deverá ocorrer entre agosto e dezembro.

O edital contempla a aquisição de 1.100 câmeras corporais, mas a quantidade pode ser dobrada sob o mesmo edital caso a administração pública deseje fazer nova aquisição.

A empresa contratada deverá fornecer e fazer a manutenção dos equipamentos, que serão contratados sob regime de comodato.

Além disso, será responsável por captar, transmitir, armazenar e compartilhar os dados gerados, seguindo as determinações especificadas pelas forças de segurança do Estado.

 

leouve.com.br

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas