Medalhista olímpico Pedro Barros é campeão em carnaval de Floripa após receber homenagem de escola de samba

Pedro Barros desfilou ao lado da família e amigos skatista, como as atletas olímpicas Yndiara Asp e Isadora Pacheco. Créditos: Hermínio Nunes

Medalhista olímpico Pedro Barros é campeão em carnaval de Floripa após receber homenagem de escola de samba

União da Ilha da Magia celebrou o skate na Passarela Nego Quirido neste final de semana e conquistou o bicampeonato

É campeão! O medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Tokyo (2021), Pedro Barros, acaba de se tornar campeão no carnaval de Florianópolis – SC, após ser homenageado pela escola União da Ilha da Magia, neste final de semana, na Passarela Nego Quirido. Com a homenagem, a escola conquista o bicampeonato no carnaval da região.

Com muita emoção, Pedro entrou na avenida, no topo do último carro alegórico da escola União da Ilha da Magia, ao som do samba-enredo ‘Citius, Altius, Fortius! Os Deuses do Olimpo Abençoado, o Skate na Ilha da Magia’, o qual homenageia o skate, esporte potente na região.

“Pedro, chama de Zeus, cola no park”, como diz a letra, mostra a importância do esporte e do skatista para a região, pois Pedro ajudou a consolidar o esporte na Ilha da Magia, a qual já revelou diversos skatistas de peso, como Yndiara Asp e Isadora Pacheco, que também estiveram presentes no desfile.

Nascido e criado em Floripa, Pedro se sente realizado com a homenagem e muito feliz com a vitória: “Nunca pensei em receber uma honraria dessas, é algo muito especial, ainda estou em êxtase com tudo isso, com o desfile e com a vitória. Foi lindo! Muito emocionante ver todo mundo celebrando o skate. Agora somos campeões!”.

SOBRE PEDRO BARROS

Natural de Rio Tavares, bairro de Florianópolis- SC, Pedro Barros é um dos principais nomes do skate mundial. Aos 28 anos, o atleta coleciona 10 medalhas nos X-Games, sendo 6 de ouro, 8 títulos mundiais na modalidade Park, foi campeão mundial pelo Word Skate, vice-campeão nos Jogos Olímpicos de Tokyo, entre outros. O primeiro contato de Pedro com o skate foi em família, por meio de um amigo de seu pai, o Léo Kakinho, pai do Vi Kakinho, lenda do skate de transição no Brasil, quando tinha apenas 1 ano. Aos 12 anos ganhou seu primeiro campeonato profissional, aos 15 ganhou seu primeiro X-Games cravando o começo do sonho de viver do skate.

Além disso, Pedro apostou no seu lado empreendedor e criou a LayBack, o qual reúne gastronomia, cerveja artesanal, música e muito skate, e possui diversas unidades pelo Brasil. Pedro também criou a própria marca de roupa, a Privê, que também conta com shapes de skates.

Melina Tavares Comunicação – Pedro Barros

 

Gabriela Ramos

Onde Ir

Dicas de Onde Ir, na Serra ou no Litoral
Onde Ir