LAGOA DO HORÁRIO EM OSÓRIO ESTÁ IMPRÓPRIA PARA BANHO CONFORME BOLETIM DE BALNEABILIDADE

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) divulgou, nesta sexta-feira (5), o quarto boletim do projeto Balneabilidade da temporada 2023/2024.

Dos 90 pontos analisados no Estado, 83 estão próprios para banho e sete apresentam condição imprópria, destes a Lagoa do Horácio no município de Osório.

Para a classificação das águas como própria ou imprópria, utilizam-se parâmetros de Escherichia coli (E.coli) definidos pelas resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) 274/2000 e 357/2005.

Nos balneários de Pelotas e de Tapes e na Lagoa do Peixoto, em Osório, também são consideradas as cianobactérias.

O resultado está condicionado a cinco semanas de monitoramento. Se, ao longo desse período, duas ou mais amostras do conjunto apresentarem resultado superior a 800 para E.coli ou, ainda, se a amostra mais recente das cinco avaliadas apresentarem resultado maior que 2.000 para E.coli, o ponto será classificado como impróprio.

O mesmo ocorre se a contagem de cianobactérias extrapolar 50.000 células.

Os dados das análises das águas são divulgados sempre às sextas-feiras, no site e nas mídias sociais da Fepam.

O projeto segue até março de 2024.

 

Lucas Filho

Onde Ir

Dicas de Onde Ir, na Serra ou no Litoral
Onde Ir