Halo solar é registrado no céu do Litoral Norte do RS, entenda o fenômeno

Halo Solar é registrado no Litoral do RS — Foto: Foto: Andreia Fontana

Causado pela incidência da luz solar sobre cristais de gelo presentes em nuvens, o halo foi observado por frequentadores da praia de Figueirinha, em Arroio do Sal, no Litoral do RS, na manhã deste domingo (31).

Um fenômeno chamado halo solar foi registrado na manhã deste domingo (31), na praia de Figueirinha, em Arroio do Sal, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Os frequentadores da região puderam observar o halo formando um anel com as cores do arco-íris ao redor do sol neste último dia de 2023.

O halo é um evento óptico que acontece na troposfera superior, camada mais baixa da atmosfera terrestre. Ele é “causado pela incidência da luz solar sobre cristais de gelo presentes em nuvens do tipo Cirrostratus”, explica Lucas Fagundes, meteorologista da Sala de Situação do governo do RS.

A formação do halo, segundo Fagundes, torna-se perceptível “a partir do momento em que a luz solar passa pelos cristais de gelo, formando o evento”, que circunda o sol semelhante a um arco-íris.

As nuvens Cirrostratus, responsáveis pela ocorrência do anel em torno do sol, têm aparência fina e uniforme, além de serem “muito altas. Normalmente, as Cirrostratus estão localizadas entre 5 a 10 km de altura”, destaca.

De acordo com o meteorologista, não há como mensurar a duração do fenômeno, porque “ele vai durar enquanto houver nebulosidade alta, assim, permanecendo na atmosfera. Então, depende das condições atmosféricas e do tipo de nuvem”.

Uma das características do evento, segundo o Climatempo, é a formação do halo somente próximo ao meio-dia.

🏖️Na praia de Figueirinha, em Arroio do Sal, foi possível registrar o fenômeno óptico solar (imagem acima). Além dele, um evento semelhante ocorre em dias de lua cheia, formando o halo lunar.

 

g1.globo.com

Onde Ir

Dicas de Onde Ir, na Serra ou no Litoral
Onde Ir