Famílias de cidades gaúchas atingidas pelos desastres climáticos no Vale do Taquari receberão Aluguel Social e outras formas de Auxílio

Ações foram anunciadas pelo governo gaúcho em reunião com a Famurs.

53171828459_3cb55685a8_c Famílias de cidades gaúchas atingidas pelos desastres climáticos no Vale do Taquari receberão Aluguel Social e outras formas de Auxílio

Foto: Mauricio Tonetto/Palácio Piratini

O governo gaúcho destinará R$ 2,5 milhões para benefícios temporários de aluguel social a quase mil famílias desabrigadas em dez cidades atingidas por desastres climáticos deste semestre no Vale do Taquari.

Desse total, R$ 2,38 milhões já têm destinação definida. Os valores também abrangem o pagamento de auxílio-funeral para quem perdeu familiares na tragédia climática da região.

Serão pagas seis parcelas mensais por família, no valor de R$ 400 cada, totalizando quase R$ 2,27 milhões. Na lista estão os municípios de Arroio do Meio, Colinas, Cruzeiro do Sul, Encantado, Estrela, Lajeado, Muçum, Roca Sales, Taquari e Venâncio Aires. Para o auxílio funeral, já estão reservados R$ 116,6 mil.

As medidas foram detalhadas pelo governador Eduardo Leite e seu vice, Gabriel Souza, durante encontro no Palácio Piratini, em Porto Alegre, com secretários estaduais e representantes da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs).

Trata-se de um pacote que prevê outras iniciativas, tais como o e repasse de R$ 50 milhões em transferências fundo a fundo pela Defesa Civil estadual a prefeituras. E a extensão de benefícios tributários a cidades inicialmente não contempladas.

Os detalhes podem ser conferidos no site estado.rs.gov.br.

 

Considerações

As medidas de amparo têm como foco as vítimas dos ciclones registrados em junho e julho, bem como das enchentes de setembro e de situações pontuais de outubro. Ao todo, a mobilização do Estado já resultou na disponibilização de R$ 1,25 bilhão em recursos extraordinários. Leite defendeu a simplificação do acesso aos auxílios emergenciais:

“Estamos fazendo um grande esforço para que os recursos cheguem de forma desburocratizada aos municípios.

A ideia é criar canais facilitados, será algo muito simplificado. O plano é que, em duas semanas, os recursos sejam disponibilizados. É uma forma de dar socorro neste momento de especial necessidade”.

Para o presidente da Famurs, Luciano Orsi, a celeridade será fundamental para as cidades atingidas: “Precisamos de recursos de forma mais ágil, e essa iniciativa do governo vai fazer a diferença. Temos vários municípios que passaram por grandes desastres nesse período e ainda estão enfrentando muitas dificuldades. Então, essas medidas vão ajudar bastante”.

O prefeito de Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda, comentou a magnitude das medidas apresentadas pelo Executivo estadual: “Esse recurso é algo inédito. Nunca vi o Estado ajudar para além de telha e lona. Pela primeira vez, o governo está auxiliando com muito mais, com aportes significativos. Vai nos ajudar a organizar e colocar nossas cidades em ordem”.

Ao longo da reunião, o governador também destacou as ações já implementadas em diversas áreas para socorrer os municípios afetados – como em habitação, manutenção de rodovias e pontes, recuperação da infraestrutura de escolas, suporte à saúde, apoio em obras, equalização de juros para pequenos negócios, doações via Pix e várias outras frentes.

(Marcello Campos)

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp