Corpo encontrado dentro de mala em São Leopoldo é de garota de programa; crime passional não é descartado

Foto: Reprodução/Rede Social / Porto Alegre 24 horas

Vítima também era usuária de drogas e tinha antecedentes por tráfico.

A perícia confirmou que é de uma mulher de 29 anos o corpo encontrado dentro de uma mala, na última quinta-feira, em São Leopoldo.

Conforme apurou o Correio do Povo, a vítima era natural do município e atuava como garota de programa. A investigação não descarta crime passional.

O boletim de ocorrência destaca que o compartimento contendo as partes do cadáver foi localizado próximo às 15h15min, às margens do Rio do Sinos, na avenida João Correa, no Bairro Vicentina.

O item foi descoberto por um pescador, próximo a uma casa de bombas do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae). Ao abrir a mala, ele se deparou com o corpo esquartejado e acionou a Brigada Militar através do 190.

A vítima tinha antecedentes por tráfico. De acordo com policiais militares, ela também era usuária de drogas e havia contraído dívidas com traficantes da região.

No entanto, a mulher não ocuparia posição elevada na hierarquia de nenhuma facção.

Ainda o apurado pela reportagem, a mulher também tinha registros de envolvimento em episódios de violência doméstica e agressões. Por conta disso, a investigação aponta para motivação passional.

O laudo atesta também que os cortes no cadáver foram realizados de maneira cirúrgica ou “limpa”. Os investigadores apontam que isso também destoa de uma execução feita por traficantes, que geralmente ocorre com sinais de brutalidade.

 

Fonte: Correio do Povo

 

leouve.com.br

Onde Ir

Dicas de Onde Ir, na Serra ou no Litoral
Onde Ir