Após uma década em obras, Instituto de Educação Flores da Cunha reabre em Porto Alegre

A reabertura das portas do IE marca o início do ano escolar na Rede Estadual.Foto: Joel Vargas/Ascom GVG

Após uma década fechado e prestes a completar 155 anos, o Instituto de Educação General Flores da Cunha, em Porto Alegre, foi reinaugurado nesta segunda-feira (19). A cerimônia contou com a presença do governador Eduardo Leite.

A reabertura das portas do IE – como é conhecido – marca o início do ano escolar na Rede Estadual. A instituição, historicamente ligada à formação de professores no Rio Grande do Sul, recebeu investimento de R$ 23,4 milhões do governo, passando por profundas transformações, e tem 1.014 alunos matriculados para as aulas deste ano.

A estrutura que chama atenção de quem passa pela avenida Osvaldo Aranha, teve melhorias estruturais e ganhou uma repaginada nos móveis. Telas e pisos também foram restaurados.

Durante a solenidade, Leite destacou o significado histórico do retorno do IE.

“Estamos entregando um símbolo da educação de volta para a comunidade. Em breve, esta escola terá também um museu e será um espaço de inspiração e de projeção do futuro. Neste momento, renovamos o nosso compromisso de levar todas as escolas do Rio Grande do Sul para um patamar de qualidade da infraestrutura e do ensino”, ressaltou.

As obras no prédio histórico localizado na avenida Osvaldo Aranha incluem restauração e modernização do mobiliário e do imóvel, do auditório, do ginásio e dos pisos, adequações às legislações de segurança contra incêndio e acessibilidade, recuperação de instalações elétricas e esquadrias e readequação de espaços.

Durante o período fechado, várias paralisações aconteceram por falta de recursos do governo. A parte estrutural sofreu mudanças e, a partir de agora, um dos prédios deve abrigar um museu. Nos próximos meses, transformações na parte burocrática também devem acontecer.

Foram reformados o saguão, a fachada, 20 salas de aula, refeitório, banheiros, ginásio com quadra poliesportiva e palco, auditório com 392 lugares, três laboratórios (Química, Biologia e Artes e Serigrafia), três quadras esportivas descobertas, cozinha e pátio.

Com 12 mil metros quadrados de área total e 8,5 mil metros quadrados de área construída, a estrutura conta com três pavilhões independentes: o principal, de frente para a avenida Osvaldo Aranha; o do ginásio de esportes, voltado para a avenida Setembrina; e o da Educação Infantil, de frente para o largo central do Parque Farroupilha.

Em 1997, a prefeitura de Porto Alegre tombou o Parque Farroupilha, incluindo o Instituto de Educação. Em 2006, o Iphae reconheceu a escola como patrimônio estadual. Mesmo com pequenas obras de reparo e manutenção ao longo dos anos, as instalações estavam em condições precárias.

A partir de 2015, os alunos foram encaminhados a quatro escolas estaduais da capital. As obras se iniciaram em janeiro de 2016, mas acabaram paralisadas. Em outubro de 2018, os trabalhos recomeçaram – porém, devido às restrições orçamentárias do Estado, novamente pararam.

Houve retomada da obra em janeiro de 2022. Cerca de 90 profissionais trabalharam no canteiro de obras.

Fundado em 5 de março de 1869, o Instituto de Educação General Flores da Cunha é a instituição mais antiga na formação de professores do Estado. Criado como Escola Normal da Província de São Pedro do Rio Grande do Sul, inicialmente funcionava em um sobrado na esquina das atuais ruas Riachuelo e General Câmara, onde hoje se situa a Biblioteca Pública do Estado.

Em 1872, a escola foi transferida para o primeiro prédio público criado com finalidade escolar, situado na esquina da rua Duque de Caxias com a Marechal Floriano, onde permaneceu por 66 anos.

Em 1934, decidiu-se pela construção da atual sede, concebida pelo escultor e arquiteto espanhol Fernando Corona, radicado em Porto Alegre. A construção, concluída em um ano, em 1935, primeiramente abrigou o pavilhão cultural da Exposição Comemorativa do Centenário Farroupilha.

A escola foi transferida para o atual prédio, na avenida Osvaldo Aranha, 527, em 18 de março de 1937; em 1939, teve o seu nome alterado para Instituto de Educação. Ainda recebeu outros nomes, como Colégio Distrital, Escola Complementar e Escola Normal de Porto Alegre, até ganhar a denominação atual, em homenagem ao governador do Rio Grande do Sul e general do Exército brasileiro José Antônio Flores da Cunha.

 

osul.com.br

VOTE MATTEUS BBB 24!

É a nossa cultura sendo conhecida por todo o Brasil!!

VOTE MATTEUS BBB 24!

Compre Aqui!

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

As Mais Lidas...​

Notícias Relacionadas