Saque calamidade: chega a 359 o número de cidades com liberação do FGTS no RS

Apesar de filas em agências físicas da Caixa nos últimos dias, solicitação do saque pode ser feita pela internet. Vitor Netto / Agência RBS

Moradores de Campestre da Serra, Capão Bonito do Sul, Picada Café e Porto Vera Cruz também poderão solicitar o recurso, confirmou a Caixa nesta terça-feira; valor máximo para retirada é de R$ 6.220 por pessoa, limitado ao saldo de cada conta.

Moradores de Campestre da Serra, Capão Bonito do Sul, Picada Café e Porto Vera Cruz, que tiveram suas residências atingidas pelas enchentes de maio, já estão aptos a utilizar o saque calamidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O anúncio foi feito pela Caixa Econômica Federal (CEF) nesta terça-feira (21). Com isso, chega a 359 o número de municípios gaúchos em que o recurso está liberado.

Os residentes destas cidades poderão fazer a solicitação até 15 de agosto. O valor máximo para retirada é de R$ 6.220 por pessoa, limitado ao saldo de cada conta.

É possível fazer a operação por meio do aplicativo da Caixa, não sendo necessário comparecer a uma agência bancária. Em cidades com menos de 50 mil habitantes, também não é preciso apresentar comprovante de residência.

No site da Caixa é possível conferir os 359 municípios aptos para receber o benefício, além de outros 16 cidades gaúchas que estão com pagamento ativo para saque calamidade referente a eventos climáticos anteriores a 24 de março deste ano.

 

Como solicitar o saque calamidade

Um passo a passo de como receber o valor do benefício está no site de GZH. Em resumo, a solicitação pode ser feita pelo aplicativo FGTS, na opção Saques, pelo celular. Ao registrar a solicitação é possível indicar uma conta da Caixa, inclusive a Poupança Digital Caixa Tem ou de outra instituição financeira, para receber os valores, sem nenhum custo.

Ao acessar o app FGTS, clique na opção “Meus Saques”
Escolha a opção “Outras Situações de Saques”
Selecione o motivo do saque como “Calamidade Pública”
Selecione a cidade e clique em​ “Continuar”
Escolha uma das opções para receber o benefício​: crédito em conta bancária de qualquer instituição ou sacar presencialmente
Faça o upload dos documentos requeridos
Confira os documentos anexados e confirme ​
A Caixa irá analisar a solicitação e, caso esteja tudo certo, o valor será creditado em sua conta

 

Documentos necessários

Segundo a Caixa Econômica Federal, os documentos necessários para a solicitação são:

Carteira de identidade — também são aceitos carteira de habilitação e passaporte — sendo necessário o envio frente e verso do documento
Selfie (foto de rosto) com o mesmo documento de identificação aparecendo na foto
Comprovante de residência para cidades com mais de 50 mil habitantes em nome do trabalhador: conta de luz, água, telefone, gás, fatura de internet e/ou TV, fatura de cartão de crédito, entre outros, emitido até 120 dias antes do decreto de calamidade
Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro(a)

 

gauchazh.clicrbs.com.br

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas