Porto Alegre passa a ter 500 Bicicletas Elétricas Compartilhadas

Montante dobra o número das “laranjinhas” já disponíveis no sistema convencional

jpeg-2-300x150 Porto Alegre passa a ter 500 Bicicletas Elétricas Compartilhadas

Bikes elétricas já estão disponíveis para aluguel no aplicativo Bike Itaú 

A Prefeitura de Porto Alegre e a empresa Tembici entregaram, na manhã deste sábado, 500 bicicletas elétricas no sistema compartilhado, dobrando a capacidade deste modal na Capital, que já conta com o mesmo número de bikes convencionais.

O ato de entrega ocorreu na orla do Guaíba, em frente a Fundação Iberê Camargo, bairro Cristal, com a presença do prefeito Sebastião Melo, do secretário Municipal de Mobilidade Urbana (SMMU), Adão de Castro Júnior, do vereador Jessé Sangalli, além de representantes da Tembici, Eletromídia e Itaú.

O evento ainda oficializou a conclusão das estações restantes de estacionamento das bicicletas, totalizando cem na Capital. “Aproximamos as estações de locais de grande fluxo de passageiros, como terminais de ônibus, para que haja esta integração física do modal do transporte coletivo com as bicicletas. Para nós é um grande orgulho e uma parceria muito virtuosa. Tenho certeza de que a chegada deste modelo elétrico vai ampliar a utilização delas”, afirmou o secretário Adão.

Na opinião da Chief External Affairs Officer (CXO) da Tembici, Juliana Minorello, as bikes elétricas geram três vezes mais viagens do que as convencionais, e o perfil de público também é outro. “Nossa expectativa é de haver um crescimento do serviço. Com esta entrega, Porto Alegre passa a ser nossa terceira maior operação. Entendemos que é algo muito impactante e o resultado de um excelente trabalho conjunto”, disse.

O CEO da Eletromidia, Alexandre Guerrero, destacou a ampliação de espaços publicitários. “Estar junto com a Tembici em mais essa entrega reitera o trabalho que estamos fazendo de incentivar e valorizar a mobilidade sustentável. Além disso, ampliamos a oferta para o setor publicitário, que ganha novas possibilidades em um mercado tão importante como o de Porto Alegre”, afirmou.

Conforme Melo, é preciso haver cada vez mais tipos de transporte na cidade para haver alternativas aos 850 mil carros particulares hoje em circulação na Capital. “O caminho é de uma mobilidade com vários modais, aplicativo, táxi, lotação, VLT, bicicletas, metrô, ônibus, e que eles possam ser integrados. Gostaria de agradecer aos envolvidos pela compreensão e por nos trazer esta alternativa. Há todo um trabalho de mobilidade que estamos realizando”, comentou o prefeito.

O sistema de aluguel das bicicletas elétricas compartilhadas é o mesmo já existente, tanto pelo aplicativo Bike Itaú quanto pela Uber, assim como o preço da assinatura do serviço. No entanto, as elétricas têm uma taxa de desbloqueio de R$ 3,50, de acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). O número total de bikes “laranjinhas” em Porto Alegre, até então, era de 665, somando aquelas circulando nas vias com as reservas.

Correio do Povo

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp