Muçum sofre com nova enchente e volta a ficar sem energia elétrica e contato telefônico

Rio Taquari leva inundação também para as cidades de Lajeado e Estrela

roca-1-2 Muçum sofre com nova enchente e volta a ficar sem energia elétrica e contato telefônico

A enchente deste sábado deixou mais uma vez os moradores de Muçum sem energia elétrica e contato telefônico.

O município funciona à base de gerador à combustão, enquanto a Defesa Civil realiza a retirada das famílias.

A cota do Rio Taquari no município está chegando aos 20 metros, e conforme a assessoria de imprensa, mais famílias seguem sendo retiradas de suas casas, inclusive em locais onde não havia previsão de que a água fosse chegar.

Embora haja a tendência de estabilidade, há muita água por vir, conforme o prefeito Mateus Trojan. “Ainda não é o momento de achar que está tudo tranquilo”, declara. “Não deixe para a última hora”.

Em Lajeado e Estrela, já se trabalha com a possibilidade de o rio ultrapassar a marca de 27 metros, conforme estimativa da prefeitura de Estrela.

 

Lajeado amplia retirada de famílias para cota de 28 metros

O Rio Taquari atingiu o nível crítico de 25,40 metros às 14h deste sábado, em Lajeado, registrando um aumento de 36 centímetros em apenas uma hora, de acordo com a régua instalada na Oswaldo Aranha. A Defesa Civil, ciente da gravidade da situação, emitiu alertas novos alertas para a população.

A primeira medida destaca a ampliação da área de alerta para a cota de 28 metros. Moradores dessas regiões estão sendo orientados a deixar imediatamente seus lares visando garantir a segurança. Adicionalmente, ao longo da tarde, a cota de alerta pode ser estendida conforme a evolução do rio.

Outro alerta importante pede que os residentes permaneçam em casa, se possível. A presença de curiosos e veículos desnecessários nas ruas pode prejudicar o trânsito e as ações de resgate em andamento.

 

Estrela vai retirar moradores da cota de 27 metros

A Prefeitura de Estrela emitiu um alerta crucial para os moradores que residem na cota de 27 metros, em decorrência da enchente no Rio Taquari. A estimativa é que o nível do rio vai atingir essa conta, e por conta disso é tomada a medida de segurança. A Defesa Civil pede que os residentes nesta área comecem imediatamente os preparativos para deixar suas casas.

O alerta se baseia na elevação do Rio Taquari em suas cabeceiras, indicando a necessidade de precaução e ação imediata. A Prefeitura está implementando um protocolo de segurança para orientar os moradores e garantir a proteção de suas vidas e propriedades. Cerca de 200 famílias devem ficar abrigadas no Ginasio Ito Joao Snel.

Enquanto isso, o prefeito Elmar Schneider pede a colaboração de transportadoras e proprietários de caminhões para o transporte das famílias atingidas. Segundo ele, apesar da ajuda de algumas transportadoras, ainda não há caminhos suficientes para atender à demanda.

 

leouve.com.br

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp