Morre vítima de explosão em fábrica de rações de Carazinho

Foto: Reprodução

Funcionário da empresa estava internado em estado grave desde a segunda-feira, 5.

Um dos feridos na explosão de uma fábrica de rações em Carazinho, morreu nesta quarta-feira, 7, informou a Alisul Alimentos – Supra, empresa em que ele trabalhava.

A vítima, Identificada como João Carlos Chaves, de 51 anos, ficou gravemente ferida juntamentio com outros dois colegas na última segunda-feira, 5.

Os outros feridos, que não ofram idenitifcados, seguem internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Clínicas em Passo Fundo.

Em nota, a empresa afirmou que está concentrando seus esforços em auxiliar as vítimas e seus familiares. Confira a íntegra do documento.

É com profunda tristeza que informamos o falecimento de João Carlos Chaves, nosso Colaborador da unidade de Carazinho, em decorrência do acidente havido em 5 de fevereiro de 2024.

Com profunda dor e luto, externamos nossos sentimentos aos familiares, amigos e colegas de trabalho.

Neste momento concentramos nossos esforços em prestar auxilio às vitimas e seus familiares.

 

Relembre o caso

Três pessoas ficaram feridas em função de uma explosão em uma fábrica de ração localizada na área Central de Carazinho.

De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, uma equipe realizava manutenção no 9º andar do prédio no momento da explosão.

Of feridos foram encaminhados com queimaduras graves pelo corpo para atendimento no Hospital de Clínicas de Carazinho.

Após, os bombeiros ainda realizaram uma contagem para conferir se todos os colaboradores estavam salvos. Equipes da SAMU também auxiliaram no atendimento da ocorrência.

Além de comprometer a estrutura do 9º andar do prédio da fábrica, as chamas da explosão ainda teriam descido através da tubulação e atingido um caminhão que estava sendo carregado com ração, causando danos no veículo e na carga.

O prédio foi isolado para trabalhos da perícia para identificar a causa da explosão.

 

Correio do Povo

Onde Ir

Dicas de Onde Ir, na Serra ou no Litoral
Onde Ir