Mensagem do Dia: “A Felicidade”

Um jovem começou uma jornada em busca da felicidade. Não compreendendo o que a felicidade significava, estava disposto a encontrar alguém genuinamente feliz para lhe ensinar.

Caminhou por longos dias procurando alguém feliz e, ao avistar um homem muito rico, decidiu lhe perguntar sobre a felicidade. O homem que estava apressado por estar carregando uma quantia considerável de dinheiro se desculpou, dizendo que não era seguro permanecer ali por muito tempo e seguiu seu caminho tremendo de medo de ser assaltado.

O jovem caminhou por mais alguns dias até avistar em uma praça um casal de mãos dadas que parecia transbordar felicidade. Ele os observou por algum tempo e, decidido que eram felizes, foi se aproximando devagar. Antes que ele pudesse chegar até onde o casal estava sentado, passou uma linda jovem que chamou a atenção daquele rapaz comprometido, gerando assim ciúmes em sua amada, deixando-a visivelmente aborrecida.

O jovem então perambulou mais alguns dias na busca da plena felicidade, mas toda vez que encontrava alguém que preenchesse o requisito, descobria a verdade antes de abordá-los.

Um certo dia encontrou em um parque uma menina sorrindo alto enquanto brincava com o cachorro. Ele a observou por muito tempo, desconfiado por conta dos resultados anteriores. A menina parecia genuinamente feliz e o jovem decidiu se aproximar. Quando chegou bem próximo da menina pronto para lhe questionar sobre a felicidade, a criança escorregou e caiu machucando o joelho. Ela chorou tão alto quanto sorria anteriormente, buscando o colo de seus pais que estavam próximos.

O jovem desolado caminhou sem esperança até o fim do parque parando em cima de uma ponte onde um rio cristalino corria. Sua tristeza estampada por não ter encontrado uma única pessoa feliz de fato, o fez parar e admirar as águas correntes abaixo da pequena ponte.

Um senhor avançado em idade se locomovia lentamente com sua bengala e parou atrás do jovem para descansar. Curioso em ver um rapaz ali parado olhando para baixo, decidiu perguntar o que ele fazia ali.

O jovem se virou e olhou para o senhor. Lhe contou sobre sua jornada, fazendo o velho homem sorrir.

– Mas você já encontrou a felicidade meu jovem, tenho certeza que por muitas vezes.

– Não, infelizmente eu nunca a encontrei. Estou em sua busca a muito tempo, mas sempre que acredito tê-la encontrado, eu descubro que não era verdadeira.

– Eu encontrei a felicidade e vou lhe contar tudo sobre ela.

O jovem analisou o senhor por um instante incrédulo de que aquele homem velho possuía mesmo a felicidade. Depois, pediu-lhe que contasse como ela era.

– A felicidade é um fenômeno humano incrível, mas o que você precisa entender é que ela não é uma condição, e sim um momento. Ela começa lá no estômago e percorre a alma, então sobe para o rosto deformando-o em rugas, fazendo sua boca curvar para cima. Quando é muito forte, ela ecoa pelos ares, muitas vezes desafinada e explode nos olhos se derramando.

O velho pegou sua bengala e começou a caminhar, enquanto o jovem perplexo, avaliava suas palavras recordando de todos os momentos em que ele próprio havia vivenciado a felicidade.

Autora: Juliana Barbosa

 

leouve.com.br

Compre Aqui!

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

As Mais Lidas...​

Notícias Relacionadas