Leite divulga vídeo no qual alerta para risco de temporais com chuva intensa nos próximos dias

Governador do RS e o chefe da Casa Militar, coronel Luciano Chaves Boeira, informaram que previsão é de mau tempo entre os dias 16 e 18 de janeiro.

A chuva deve retornar ao Estado nesta terça-feira (16).

O mau tempo deve ficar no Rio Grande do Sul até quinta-feira (18), segundo alerta feito pelo governador Eduardo Leite e pelo chefe da Casa Militar, coronel Luciano Chaves Boeira, por meio de vídeo publicado no Instagram.

— Esse sistema (que se forma no Estado) traz como consequência tempestades intensas. Então, nós teremos muita chuva, rajadas de vento, eventualmente granizo em boa parte do nosso Estado — explica Boeira.

Conforme o boletim divulgado em vídeo, a chuva deve se iniciar logo na manhã de terça-feira, pegando parte da Campanha e das regiões Sul e Sudeste. Nessas localidades, pode ocorrer um acumulado de aproximadamente 70 milímetros.

O mau tempo deve avançar por outras localidades do Estado na quarta-feira (17), atingindo as regiões Central, dos Vales, Metropolitana, e Litoral. Neste dia, a expectativa é de que a chuva seja mais intensa, podendo chegar a 90 milímetros de acumulado.

Já na quinta-feira (18), esse sistema meteorológico segue em direção ao oceano. O avanço favorece instabilidades com temporais isolados na Região Metropolitana, nos Vales, no Litoral Norte e no Nordeste.

Os acumulados podem chegar a 60 milímetros.

— A gente tem um especial monitoramento sobre as regiões do Vale do Rio Caí, onde há uma expectativa de que, caso as chuvas se confirmem, a gente possa ter aumento do nível do rios, e, consequentemente, maior impacto sobre a população e também na região do Litoral Norte — acrescenta o governador.

No entanto, segundo o Chefe da Casa Militar, há um plano para eventuais estragos:

— Fizemos uma reunião de preparação, uma reunião de alinhamento, com a Sala de Situação do Estado, com as forças de resposta do Estado, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, todas as secretarias que estão diretamente envolvidas em razão desses eventos.

Leite assinala ainda que o governo seguirá monitorando mudanças climáticas para alertar a população.

— As forças de segurança estão de prontidão na Região Metropolitana e por todo o interior do Estado para qualquer necessidade que se apresentar — finaliza Leite.

 

Veja o alerta:

 

gauchazh.clicrbs.com.br

Onde Ir

Dicas de Onde Ir, na Serra ou no Litoral
Onde Ir