Forte massa de ar frio atingirá áreas de enchentes no RS

Chegada do frio deverá marcar, na prática, a chegada do inverno em regiões do RS, principalmente as atingidas por enchentes | Foto: Mauro Schaefer

Cidades que enfrentam o drama das enchentes terão o sofrimento aumentado nesta semana pela temperatura muito baixa.

A MetSul Meteorologia alerta que uma forte massa de ar frio ingressa no Rio Grande do Sul nesta segunda-feira.

Será a primeira incursão de ar frio de maior intensidade deste ano no Sul do Brasil, uma vez que o outono tem sido marcado por temperatura muito acima da média e escassos dias de temperatura baixa.

Normalmente, a chegada do frio seria celebrada por comerciantes e muitos pessoas que estão cansadas de altas temperaturas fora de época no Rio Grande do Sul, mas neste momento o frio intenso previsto apenas aumentará o drama de grande número de pessoas em alojamentos e abrigos temporários.

Por isso, a MetSul Meteorologia tem insistido na prioridade em doações de cobertores e agasalhos para atender o público numeroso desabrigado, que necessitará de formas de aquecimento.

Não será a única incursão de ar frio vindo, uma vez que a segunda metade do mês terá novos episódios de temperatura baixa e com muitas pessoas ainda fora de casa.

Outra preocupação é com os voluntários e forças públicas ainda participando de resgates nas águas no momento em que os rios voltam a subir.

É certo que pessoal voluntário e de emergência sofrerá com hipotermia nas águas, aumentando a necessidade dos chamados cobertores de emergência.

A massa de ar frio será consequência de um ciclone poderoso de 950 hPa no extremo Sul do Atlântico, perto da Antártida, e de um centro de alta pressão igualmente poderoso, com mais de 1.040 hPa, que estará neste começo de semana na costa do Sul do Chile.

A alta pressão infiltrará pela Argentina com o ar frio, alcançando o Brasil. Esta massa de ar frio marcará o começo, na prática, do inverno no Rio Grande do Sul porque a partir desta semana o número de dias de frio vai aumentar muito e as jornadas de temperatura baixa tendem a ser bastante frequentes nas próximas duas a três semanas.

 

Temperatura perto de 0ºC em áreas inundadas

O frio vai atuar no Rio Grande do Sul durante toda esta semana e será mais persistente na Metade Sul gaúcha, uma vez que na Metade Norte deve voltar a chover com mínimas mais altas no final da semana.

Na Campanha, fronteira com o Uruguai, Oeste e Sul, o frio mais intenso deve ser sentido a partir da madrugada de terça-feira.

Até o final da semana, as mínimas serão baixas com marcas ao redor de 0ºC a 2ºC. Terça, sexta e sábado devem ter mínimas abaixo de 5ºC. No Centro do Estado, na região de Santa Maria, as madrugadas mais frias devem ser as de quarta e quinta-feira, antes da volta da chuva.

Os termômetros podem atingir 3ºC a 5ºC. No Noroeste, a madrugada mais fria será a de quarta-feira com 5ºC ou menos em vários pontos.

Na Grande Porto Alegre e nos Vales, regiões mais castigadas por enchentes, esfria mais a partir da terça-feira.

As madrugadas de quarta e quinta-feira serão as de menor temperatura.

Na maioria dos locais, faz entre 6ºC e 8ºC na quarta-feira e 5ºC a 7ºC na quinta-feira. A temperatura cai mais em outros pontos da área metropolitana e dos vales, em zonas rurais, com 3ºC a 5ºC no meio da semana.

Em Porto Alegre, o frio também será mais sentido a partir de terça-feira. Pode fazer 8ºC a 10ºC na quarta-feira e 6ºC a 8ºC na quinta-feira, mas em pontos do Sul e do Leste da cidade esfria mais e as mínimas podem ficar ao redor de 5ºC ou menos.

Na Serra, esfria demais na terça e as temperaturas seguem baixas no restante da semana.

A quarta-feira deve ter marcas de 0ºC a 5ºC no início da manhã.

Nos Aparados, o frio se instala na terça e a quarta pode amanhecer com marcas abaixo de zero, as primeiras do ano na região. Aquece na quinta-feira e terá chuva no final da semana.

 

Frio trará geada

A massa de ar frio vai proporcionar condições favoráveis para geada na maioria dos dias desta semana na Metade Sul, onde o frio será mais persistente durante a noite.

Por isso, regiões como a fronteira com o Uruguai e a Campanha devem ter mais noites de geada e de intensidade moderada a forte em alguns pontos.

A quarta-feira será o dia com geada mais abrangente no Rio Grande do Sul, uma vez que será a madrugada com temperatura mais baixa em um maior número de locais do Estado.

Haverá geada forte no meio da semana em municípios serranos do Norte gaúcho e do Planalto catarinense.

 

Correio do Povo

 

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

AS MAIS LIDAS

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas