Barragens do Salto e Santa Lúcia têm risco de ruptura no RS

Barragens nessa condição são a central hidrelétrica de Salto Forqueta, entre São José do Herval e Putinga, e a barragem Santa Lúcia, em Jaguari | Foto: Divulgação/CERAN/CP

Seis estruturas também estão em nível de alerta, enquanto em outras nove a situação é de atenção.

O Rio Grande do Sul permanece com duas barragens em nível de emergência, com risco iminente de ruptura, de acordo com informações atualizadas pela Defesa Civil gaúcha na tarde desta segunda-feira.

De acordo com a escala adotada pela Defesa Civil, o nível de emergência é o mais grave e exige a tomada de providências para preservar vidas. As barragens nessa condição são: a Barragem Salto, em São Francisco de Paula, entre os municípios de São José do Herval e Putinga, e a barragem Santa Lúcia, em Putinga.

Em seis barragens, o nível é de alerta, quando anomalias comprometem as condições de segurança: 14 de Julho (em Cotiporã e Bento Gonçalves), Dona Francisca (Nova Palma), Salto Forqueta (São José do Herval/Putinga), Barragem Capané (Cachoeira do Sul), Barragem São Miguel (Bento Gonçalves) e Barragem Saturnino de Brito (São Martinho da Serra).

Screenshot_6-3 Barragens do Salto e Santa Lúcia têm risco de ruptura no RS

Nove barragens continuam em nível de atenção, sem comprometimento no curto prazo, mas exigem monitoramento: Barragem Divisa (Canela), Barragem do Blang (Canela), Canastra (Canela), Furnas do Segredo (Jaguari). Barragem do Saibro (Viamão), Barragem A – Assentamento PE Tupy (Taquari), Barragem Filhos de Sepé (Viamão), Barragem do Assentamento PE Belo Monte (Eldorado do Sul) e Barragem Lomba do Sabão (Porto Alegre).

A integridade das barragens é monitorada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pela Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura do Rio Grande do Sul. O estado já chegou a ter ao menos cinco barragens em nível de emergência, mas o número recuou nos últimos dias.

O nível de diversos rios gaúchos tornou a subir em razão das chuvas intensas que voltaram a cair no fim de semana em diversos municípios, incluindo a capital, Porto Alegre. Nesta segunda-feira, as precipitações diminuíram, mas os cursos d’água continuam a receber volume significativo de água.

 

Correio do Povo

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

AS MAIS LIDAS

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas