Após atingir o índice da cheia de 1941 na noite de domingo, Canal São Gonçalo volta a recuar em Pelotas

O Canal São Gonçalo é um dos locais que requer atenção em Pelotas | Foto: Michel Corvello/ Prefeitura de Pelotas/CP

Às 19h deste domingo o índice estava em 2,88 m, já às 10h, desta segunda-feira, recuou para 2,70 m.

Às 19h deste domingo o canal São Gonçalo chegou a um nível que não registrava desde 1941, há 83 anos, 2,88 metros, mas na manhã desta segunda-feira, ele recuou novamente a 2,70m. Mesmo assim, o clima é de atenção de autoridades e moradores do entorno. A tendência, de acordo com especialistas da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) que atuam na Sala de Situação do 9º BIMtz, é de que cresça novamente ainda nesta segunda-feira.

Conforme a pesquisadora e hidróloga Tamara Beskow, o aumento se deve a três fatores: vento, chuvas e maré. “Com a maré alta, a água do canal começa a acumular. Junto com ela os ventos acabam favorecendo este acúmulo e, além disso, tivemos fortes pancadas de chuvas, que tem como ponto final do nosso sistema de drenagem, o canal”.

O Município mantém o informe de que as diversas áreas que já estavam na classificação de risco vermelho para inundação. Essas regiões devem ser evacuadas de forma imediata. A saída das pessoas facilita o trabalho de resgate pelas equipes de bombeiros, em caso de uma inundação súbita.

São 24 as áreas que devem ser evacuadas na cidade. São elas: Laranjal (Santo Antônio, Valverde e Pontal), Colônia Z3, Vila da Palha, Cruzeiro, Recanto de Portugal, Marina Ilha verde, Charqueadas, Umuharama, Estrada do Engenho, Lagos de São Gonçalo, Parque Uma, Navegantes, Ambrósio Perret, Mário Meneghetti, Balsa, Fátima, Village Center JK, Doquinhas, Quadrado, Ceval, Mauá, Loteamento Osório, Pântano e os fundos do Simões Lopes (fundos).

Em uma transmissão pela internet, a Prefeita Paula Mascarenhas disse, que as pessoas devem seguir atentas. “Mesmo com o dia lindo, a água recuando, as áreas de risco seguem na mesma situação.

Provavelmente teremos tranquilidade e amanhã (terça-feira) é possível que as águas estejam baixas, mas precisamos seguir em alerta, pois o vento pode mudar e a água pode descer”, pondera.

Ela também lembrou do aviso dos bombeiros. “Aqueles que estão tranquilos pendurem um pano azul em local visível e quem precisa sair, pendure um pano vermelho”, lembra.

O município possui oito abrigos públicos, geridos pela Prefeitura, onde estão 692 pessoas. Vale ressaltar que o acesso se dá por meio de contato com a Defesa Civil do Município, Bombeiros, Guarda Municipal e Brigada Militar pelos seguintes contatos: 193 (Bombeiros), 153 (Guarda Municipal).

 

Correio do Povo

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

AS MAIS LIDAS

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas