A chuva forte que atinge o Rio Grande do Sul desde o início da semana já provocou a morte de 50 pessoas

RS decretou estado de calamidade pública em razão da chuva. Jonathan Heckler / Agencia RBS

Veja onde ocorreram as mortes em decorrência da chuva no RS.
Contagem inclui óbitos confirmados pela Defesa Civil do Estado e apuração da reportagem do Grupo RBS junto a autoridades municipais.

A chuva forte que atinge o Rio Grande do Sul desde o início da semana já provocou a morte de 50 pessoas, conforme levantamento de GZH atualizado às 23h desta sexta-feira (3).

O número leva em conta os 39 óbitos que estão no mais recente balanço da Defesa Civil estadual (18h de hoje) e outro confirmado por autoridades locais, como prefeituras e Corpo de Bombeiros.

 

Veja onde ocorreram as mortes em decorrência da chuva:

 

Pantano Grande, no Vale do Rio Pardo (1)

Um homem morreu após uma descarga elétrica em uma casa alagada. A vítima foi identificada como Onércio Giovane, 60 anos.

 

Paverama, no Vale do Taquari (2)

Dois idosos foram encontrados mortos após terem o carro arrastado pela água. Nestor Schafer, 61 anos, e Delmar Waldomiro Sander, 69, morreram na localidade de Morro Azul.

 

Encantado, no Vale do Taquari (1)

Josiane Machado, 45 anos, morreu em Encantado, vítima de desmoronamento.

 

Itaara, na Região Central (1)

Eliziane Milani Buss, 47 anos, morreu vítima de desmoronamento. Ela estava em casa junto com o marido e dois filhos quando a residência foi soterrada. O homem e um dos filhos foram encaminhados para atendimento médico em Santa Maria. O outro filho do casal não ficou ferido.

 

Segredo, no Vale do Taquari (1)

De acordo com a Brigada Militar, Alzemar Foster, o Xará, de 63 anos, morreu ao tentar atravessar de carro uma área alagada na localidade de Linha Medianeira, ainda na parte da manhã.

 

Salvador do Sul, no Vale do Caí (2)

Dois corpos foram encontrados soterrados. As vítimas — ainda não identificadas — estavam nos escombros de residências que desabaram em Linha Canjerana, no interior do município. As informações dos bombeiros são de que três casas desabaram. Duas pessoas foram resgatadas com vida.

 

Santa Maria, na Região Central (2)

Na cidade, uma adolescente de 17 anos, identificada como Emily Ulguin da Rocha, e a mãe dela, Liane Ulguin da Rocha, 45, morreram em decorrência de um deslizamento no Morro do Cechella.

 

Silveira Martins, na Região Central (1)

Olide Pierina Brondani, de 84 anos, morreu soterradaquando parte de um morro desabou, atingindo a residência da vítima.

 

Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo (4)

A Brigada Militar confirmou as mortes de um um casal, encontrado na localidade de Rio Pardinho, em uma região alagada. Outros dois óbitos na cidade foram incluídos no balanço da Defesa Civil estadual. Um deles vitimou uma idosa. Não há informações sobre a outra vítima.

 

São João do Polêsine, na Região Central (1)

Uma adolescente de 15 anos morreu soterrada no município. Conforme a prefeitura, ela estava em uma casa próxima ao centro da cidade que foi atingida por deslizamentos. A vítima ainda não foi identificada.

 

Candelária, no Vale do Rio Pardo (1)

Olandina Anna Bartz, de 95 anos, morreu na localidade de Rebentona. Conforme os bombeiros, ela foi encontrada junto com uma neta, que passa bem.

 

Boa Vista do Sul, na Serra (2)

Um casal morreu soterrado após deslizamento de terra no interior do município. Paloma Melo da Silva, de 25 anos, e Rodrigo Ávila, de 24, voltavam do trabalho quando foram soterrados por um deslizamento de terra que aconteceu em Linha Carolina Alta. O casal já chegava em casa quando houve a queda de barreira.

 

Serafina Correa, no Norte (2)

De acordo com a prefeitura , o Arroio Feijão Crú alagou a cidade, deixando duas pessoas mortas. Um corpo foi localizado soterrado no bairro Alto Paraíso. Conforme a Polícia Civil, as vítimas foram identificadas como Juan Falcon Barrios, de 31 anos, e Ipidio Capra, de 55.

 

Gramado, na Serra (4)

Três pessoas morreram soterradas na Linha Pedras Brancas, onde quatro casas foram arrastadas pela terra, conforme  a Brigada Militar. As vítimas foram Kaique Andriel Ludvig Santos, de 13 anos, Nitiele Ludvig, de 36, e Silvio Antônio Pellicioli, de 47. Na Linha 28, conforme o Corpo de Bombeiros, morreu Noeli da Rosa Duarte, de 56.

 

Canela, na Serra (2)

Os corpos de José Alzemiro de Moraes e de Marina de Brito de Moraes foram encontrados em meio aos escombros de uma de uma casa arrastada após um deslizamento na localidade de Rancho Grande.

 

Caxias do Sul, na Serra (1)

Foi localizado o corpo de um homem, de 53 anos e ainda não identificado, em Galópolis. Ele teve a casa soterrada.

 

Bento Gonçalves, na Serra (1)

Luiz Carlos Schutkovski morreu, aos 71 anos, após o deslizamento da casa onde vivia, em Vale Aurora. Momentos antes do deslizamento, a esposa do idoso saiu do quarto para atender uma ligação do filho. A residência foi atingida pela terra neste momento.

 

Taquara, no Vale do Paranhana (2)

Duas pessoas morreram após um deslizamento de terra. Conforme a prefeitura da cidade, as vítimas são dois idosos que moravam em um imóvel, arrastado na localidade de Batingueira, no distrito de Padilha. As vítimas ainda não foram identificadas.

 

São Vendelino, na Serra (2)

 José Adair Oliveira, de 47 anos, havia desaparecido após um deslizamento de terra às margens da RS-112, em São Vendelino. O corpo do filho dele, Wagner Oliveira, 22, foi localizado um dia depois.

 

Putinga, no Vale do Taquari (1)

Conforme a prefeitura, a vítima, de 44 anos, foi identificada como Mário José Forti. Um deslizamento de terra cobriu a casa onde ele vivia.

 

Vera Cruz, no Vale do Rio Pardo (1)

Óbitos incluído na relação de vítimas divulgada pela Defesa Civil Estadual. Não há informações sobre as circunstâncias do ocorrido.

 

Três Coroas, no Vale do Paranhana (3)

Os óbitos foram incluídos na relação de vítimas divulgada pela Defesa Civil Estadual. Não há informações sobre as circunstâncias do ocorrido.

 

Pinhal Grande, na Região Central (1)

Foi encontrado o corpo de uma mulher, na comunidade da Gringuinha. A Polícia Civil da cidade não confirmo a identidade da vítima.

Óbitos ainda não contabilizados pela Defesa Civil Estadual:

Bento Gonçalves, na Serra (3)

Moradores de Linha Alcântara, Artemio Cobalchini, de 72 anos, e Ivonete Cobalchini, de 62, foram encontrados mortos na propriedade da família, no distrito de Faria Lemos. Ainda conforme a Prefeitura, uma mulher que não teve a identidade divulgada teve o corpo resgatado na Linha Buratti, no limite com Pinto Bandeira.

 

Santa Maria, na Região Central (3)

Mais três mortes foram confirmadas pela Polícia Civil. Os corpos de um casal e uma criança, que eram considerados desaparecidos, foram encontrados na localidade de Três Barras, no interior do município.

 

Caxias do Sul, na Serra (3)

Mais três pessoas foram encontradas sem vida em Galópolis. As vítimas faziam parte do grupo que desapareceu após um deslizamento de terra que atingiu quatro casas. As identidades ainda não foram confirmadas.

 

Gramado, na Serra (2)

Mais dois corpos foram encontrados em meio aos escombros do deslizamento de terras na localidade de Linha Pedras Brancas. As identidades das vítimas não foram divulgados oficialmente.

 

gauchazh.clicrbs.com.br

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

AS MAIS LIDAS

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas