Tramandaí debate possibilidade de cancelamento da 33ª Festa Nacional do Peixe

Na tarde desta terça-feira, 14 de maio, foi realizada uma reunião na Prefeitura de Tramandaí com o objetivo de discutir a possibilidade do cancelamento da 33ª Festa Nacional do Peixe. A reunião teve a participação de vereadores e secretários municipais.

O prefeito Luís Carlos Gauto deu início a reunião falando sobre algumas situações importantes que devem ser levadas em conta na decisão como o atraso nas obras do terceiro pavilhão do Centro Municipal de Eventos, que não ficará pronto para a Festa, da situação das enchentes no RS e a probabilidade de queda de receitas.

O secretário da Fazenda, Andrew Carvalho Pinto apresentou os números da tragédia e as perdas econômicas divulgadas por diversos setores da produção. A seguir, o secretário mostrou a reestimativa de distribuição do ICMS em 2024 e que Tramandaí pode ter perda de R$ 5,6 milhões. “Além disto, há perspectiva de queda da arrecadação dos recursos próprios e as decisões de hoje vão afetar o fechamento de contas no final do ano.” Disse o secretário

O presidente da Câmara de Vereadores, vereador Clairton Sessim (MDB )mostrou-se favorável ao cancelamento d a festa. “O Legislativo é 100% solidário ao Executivo e entendemos o momento atual e tudo isto terá reflexo no futuro e o nosso público principal não terá condições de se fazer presente.” Falou o presidente.
O prefeito Gauto disse que no ano passado o déficit da festa foi de cerca de R$ 2 milhões e neste ano pode ser muito maior. ” A preocupação é a situação financeira futura e não podemos deixar restos a pagar.” Falou Gauto.

O vereador Juarez Marques da Silva (MDB) disse que os números apresentados são preocupantes e mostrou-se favorável ao cancelamento. A vereadora Cris Muller (PDT) salientou que o estado está em situação de calamidade e fazer a festa vai contra o sentimento da população e não teria público.
O vereador Rafael Machado da Rosa Côrrea (PSDB) disse não ter uma opinião formada e o vereador Marcio Soares Gomes José (PP) sugestionou transferir a festa para o segundo semestre.

O secretário de Turismo, Anderson José André informou que a Festa já teve arrecadação de mais de R$ 1 milhão de reais e ingressos para os shows nacionais seguem sendo vendidos, mesmo com a situação no RS e que a Festa Nacional do Peixe fomenta o turismo e a economia do município. “ Temos que pensar também nas pessoas que estão aguardando a festa para obter algum ganho.” Falou Anderson

Por fim, o prefeito Gauto informou que vai ouvir outros setores da sociedade como Câmara de Dirigentes Lojistas, Associação das Imobiliárias e Corretores de Imóveis, entre outras entidades e que a decisão de cancelar, manter ou transferir a festa para outra data será feita até a próxima sexta-feira.

JPN

 

jplitoral.com.br

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

AS MAIS LIDAS

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas