Policial militar de folga resgata casal após desabamento de prédio

“Eu sabia que ali naquela casa morava um casal de idosos e quando vi o prédio desabando por cima da casa deles, nem pensei e corri pra lá”.

Assim começou o gesto de abnegação do soldado Cristian Luiz Sens.Na madrugada do último sábado (23/12), uma tempestade atingiu Passo de Torres, em Santa Catarina, município onde mora o sd Luiz.

O militar, que é lotado no 2º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas da Brigada Militar, em Torres, estava em casa, durante sua folga, quando ouviu um barulho alto vindo da obra em frente a sua casa.

Quando foi até a janela ver o que tinha acontecido, testemunhou um cenário desesperador: parte da construção havia desabado por cima da casa de seus vizinhos.

Imediatamente, o soldado correu para a frente da casa deles e ouviu os pedidos de socorro.

Dentro da casa estavam Helena e Osnir, um casal de idosos, encurralados pelos escombros.Luiz acionou apoio e, logo após, arrombou o portão para entrar no pátio e resgatou, pela janela da casa, as duas vítimas.

“Na hora, nem passou pela minha cabeça que o resto da obra podia cair, mas eu sabia que aqueles idosos não conseguiriam sair sozinhos e eu tinha que ajudar eles. Graças a Deus entrei e conseguimos sair em segurança”, descreveu Luiz.

Parte do quarto onde o casal estava, foi atingido mas, apesar do susto, ninguém ficou ferido.

“Nós costumamos ficar na sala até tarde, naquele dia fomos deitar cedo e eu nem sei por quê.

A única parte da casa que sobrou foi sobre a nossa cama, onde estávamos na hora do desabamento.

Eu sei que foi Deus que nos protegeu e colocou aquele policial no nosso caminho”, lembrou Helena, moradora da casa atingida.“Minha esposa tem problema de locomoção e eu não ia conseguir carregar ela para fora da casa, ainda mais pela janela. Se não fosse ele, nem sei o que seria de nós”, relatou Osnir.

O sd Luiz foi homenageado pela Brigada Militar pelo ato de tamanha grandiosidade em prol dos vizinhos.

A Brigada Militar se orgulha de contar com militares tão altruístas e que honram o nosso juramento “Mesmo com o risco da própria vida”, para garantir a segurança da comunidade.

Texto: Sd Cecília Ferreira – Comunicação Social da Brigada Militar

Onde Ir

Dicas de Onde Ir, na Serra ou no Litoral
Onde Ir