Conheça os benefícios do cacau e como consumir chocolate de forma saudável

Ativos do cacau só podem ser absorvidos corretamente pelo organismo em produtos em que a presença seja acima de 60% | Foto: Freepik

Ricos em antioxidantes, o cacau traz benefícios relacionados à melhora da imunidade e proporciona mais disposição.

A tradicional combinação de chocolate e Páscoa ganhou uma coincidência especial neste ano. Próximo à data que põe fim à quaresma também foi comemorado, em 26 de março, o Dia do Cacau, a principal matéria-prima do doce que está entre os mais amados dos brasileiros. Assim como o feriado, o fruto também faz parte do imaginário e do paladar da população nesta época do ano.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab), neste período de festividade, além do consumo de chocolate ser intensificado, a produção também tem aumentado anualmente. No ano passado, os itens de chocolate para a Páscoa tiveram uma alta de 21% comparados a 2022, conforme o levantamento anual da instituição.

Fora do período de ovos de Páscoa, o consumo de chocolate também faz parte da alimentação, já que, em média, cada brasileiro consome 3,9 kg do produto em um ano, segundo dados de 2023 da Abicab. Entretanto, mesmo sendo uma paixão nacional, a qualidade nutricional é questionada, estando frequentemente relacionado a hábitos alimentares negativos.

Por isso, para quem busca uma vida saudável sem abrir mão do doce, o cacau se torna o principal aliado. A presença do fruto na composição do chocolate pode fazer toda a diferença, trazendo benefícios à alimentação. “O cacau é riquíssimo em antioxidantes, com vitaminas como A, B1 e E, além de minerais importantes como Selênio, Magnésio e Zinco”, destaca a nutricionista Rochele Boneti, mestre em Gastroenterologia e professora de Nutrição na Fadergs.

Apesar de ser o ingrediente principal da quase totalidade de chocolates do mercado, a nutricionista explica que os ativos do cacau só podem ser absorvidos corretamente pelo organismo em produtos em que a presença seja acima de 60%. “Hoje em dia, é possível encontrar mais barras de chocolate com uma porcentagem adequada”, comenta a profissional. “Muitas marcas já estão ligadas em atender o público que busca um chocolate mais saudável, com os benefícios nutricionais do cacau preservados.”

Sendo um dos alimentos mais ricos em antioxidantes que existem, os resultados de um hábito de consumo diário de cacau, sem exageros, também pode ser visível. Segundo Rochele, os benefícios estão relacionados à melhora da imunidade, fortalecimento de vitaminas do cabelo e da pele, além de proporcionar mais disposição.

Entretanto, a mudança do consumo de chocolate tradicional para uma opção mais saudável pode ser difícil, especialmente no período de Páscoa. Por isso, a professora alerta para os cuidados de alimentação que são importantes nesta época.

 

Mudanças de hábitos alimentares

Como presente tradicional no período, os ovos de Páscoa apresentam uma variedade de sabores, além de embalagens que decoram os supermercados, atraindo a atenção dos consumidores. Rochele alerta que, apesar de variadas, as opções especiais dessa época praticamente não apresentam versões que tenham um percentual adequado de cacau para manter uma boa qualidade nutricional.

Pensando nos desafios para o paladar acostumado ao chocolate, é possível preservar a tradição do feriado de uma forma mais saudável. A nutricionista recomenda abrir mão dos formatos especiais de símbolos da Páscoa, optando por barras de chocolate que tenham maior presença de cacau na composição.

Rochele também destaca que a atenção deve ser dobrada, tanto na porcentagem de cacau quanto na quantidade ingerida. “Quando alguém acostumado a comer chocolate compulsivamente busca uma reeducação alimentar, uma boa estratégia é utilizar uma barra de chocolate de 60% ou 70% para ir modificando o paladar”, indica. “Já pensando em um hábito diário de consumo desses chocolates, o recomendado é comer no máximo 30g (3 ou 4 quadradinho de uma barra).”

 

O chocolate muitas vezes está relacionado ao consumo excessivo.

Para não haver impacto por abstinência, indica-se a busca por um profissional para guiar uma reeducação alimentar. “Se a pessoa está com vontade de comer uma guloseima, ela deve comer. O mais importante é cuidar a quantidade nesses casos.”

O risco à saúde, segundo a nutricionista, está na compulsão. “O fato de comer um doce não faz ninguém engordar e nem impossibilita que a pessoa esteja saudável”, aponta, ao comentar que existem formas melhores de consumo.

“O mais importante para evitar exageros é não ter disponibilidade fácil a esses alimentos que são alvo dessa compulsão.”

Outra dica dada pela profissional é inserir o cacau na alimentação com sua versão em pó de 100%, podendo ser adicionado a receitas saudáveis.

Uma boa alternativa é utilizar misturar o cacau em pó em frutas ou em mousses de abacate.

Quanto mais naturalmente doce for a fruta que acompanha o cacau em pó, mais próxima do sabor tradicional de chocolate fica a receita.

 

🍫 Veja 6 dicas para melhorar a relação com chocolate:

• Opte por chocolates acima de 60% de cacau;
• Adquira porções pequenas de chocolate;
• Não tenha um estoque de doce;
• Não ultrapasse o consumo diário de 4 quadradinhos de uma barra;
• Experimente o cacau em pó em diferentes frutas;
• Evite exageros.

 

Correio do Povo

VOTE MATTEUS BBB 24!

É a nossa cultura sendo conhecida por todo o Brasil!!

VOTE MATTEUS BBB 24!

Compre Aqui!

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

As Mais Lidas...​

Notícias Relacionadas