Calendário escolar de 2024 será mantido no RS

Medidas foram anunciadas pelo governador Eduardo Leite na manhã desta terça-feira (4/6) | Foto: Lauro Alves / Secom Gov. RS / CP

Estado anuncia providências e investimentos, para a retomada nas escolas públicas. E Capital limpa e recupera instituições municipais.

Os dias letivos perdidos em razão das enchentes que afetaram o RS terão a recuperação da carga horária com atividades complementares, online, por meio de impressos, livros e trabalhos, como pesquisas. Com isso, o calendário escolar aprovado para 2024 será mantido na rede pública estadual.

O anúncio foi feito ontem pelo governador Eduardo Leite e explicado pela secretária estadual da Educação, Raquel Teixeira, que já encaminhou as providências às direções de escolas por meio das respectivas Coordenadorias Regionais (CREs). Foram ainda divulgados recursos para a recuperação de escolas atingidas pelas cheias e melhorias no setor. Com o calendário mantido, as aulas vão até 20 de dezembro, permitindo alternativas para compensar os conteúdos.

Os novos investimentos em educação serão, conforme o governo, em valores iniciais de R$ 46,6 milhões. A divisão prevê R$ 22,1 milhões, ao programa Agiliza, para 636 escolas; R$ 18,2 milhões, para merenda escolar, com repasse extra a 2.280 escolas; e R$ 6,3 milhões, para mobiliário escolar às escolas afetadas.

Entre as ações para o ensino gaúcho, estão previstas orientações e apoio para a comunidade escolar, buscando uma retomada acolhedora das atividades nas escolas. Assim, haverá maior auxílio à tarefa dos diretores, professores e demais membros das equipes escolares; a TV Seduc RS contará com transmissões de diferentes temas. E uma pesquisa com servidores da educação irá mapear a situação inicial (impacto material e psicológico), buscando identificar o apoio necessário. O questionário será encaminhado por e-mail a 70 mil servidores, e também pode ser acessado aqui.

No “Plano Rio Grande todos nós por todos nós”, as ações da educação apresentadas ontem envolvem ainda o Mapa do Retorno, com informações atualizadas sobre a situação das aulas. E terá transferência extra, via autonomia financeira, para investimento (aquisição de equipamentos, mobiliários, eletrodomésticos, entre outros); e para custeio (contratação de serviços como limpeza e compra de materiais de consumo, por exemplo). Serão 636 escolas que receberão o valor extra em junho/2024, conforme o grau de criticidade: R$ 20 mil (360 escolas nível 1); R$ 40 mil (180 escolas nível 2); ainda R$ 80 mil (96 escolas nível 3). O valor de R$ 18,2 milhões será destinado à merenda escolar.

Rede municipal de Porto Alegre

O prefeito Sebastião Melo acompanhou ontem o início dos trabalhos da empresa contratada para a limpeza das 14 escolas próprias alagadas.

O serviço terá o investimento de R$ 1,6 milhão. Haverá repasse de recursos extras para reformas e compra de equipamentos para 27 das escolas conveniadas que atendem alunos da Educação Infantil municipal.

Os valores podem superar R$ 7 milhões. Para a reforma dos prédios escolares, no dia 7/6 serão definidas as empresas para obras em 93 escolas, com investimento de R$ 85 milhões.

 

Correio do Povo

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas