Buscas por helicóptero que desapareceu no litoral de SP entram no quinto dia

Buscas por helicóptero entram no quinto dia Reprodução/FAB

Até a última quinta-feira (04), a FAB já havia voado mais de 32 horas pela região onde a aeronave emitiu o último sinal de radar.

Nesta sexta-feira (05), a Força Aérea Brasileira entra no quinto dia de buscas pelo helicóptero modelo Robinson 44, desaparecido no último domingo (31).

Já completaram cinco dias que a aeronave prefixo PR-HDB sumiu dos radares.

Até a última quinta-feira (04), a FAB já havia voado mais de 32 horas pela região onde a aeronave emitiu o último sinal de radar.

O avião Amazonas, do governo brasileiro, leva 15 tripulantes especializados e possui um equipamento capaz de realizar buscas sobre terra ou mar, com alcance de até 360 quilômetros.

Um sistema de comunicação via satélite também permite o contato com outras aeronaves ou centros de coordenação de salvamento (Salvaero), mesmo em voos a baixa altura.

A aeronave ainda conta com um sistema eletro-óptico de busca por imagem e por espectro infravermelho.

Isso permite realizar buscas pelo calor, permitindo detectar, por exemplo, uma aeronave encoberta pela vegetação ou uma pessoa no mar.

O quarto dia de buscas foi encerrado na noite desta quinta-feira (4), sem pistas ou indícios sobre o paradeiro do piloto e dos três passageiros, que seguem desaparecidos.

A aeronave também não foi localizada.

 

band.uol.com.br

Onde Ir

Dicas de Onde Ir, na Serra ou no Litoral
Onde Ir