Núcleos provisórios para desabrigados de Porto Alegre e outras três cidades devem ser concluídos em até 20 dias

Em Porto Alegre, estrutura deve ser montada no Porto Seco (Zona Norte). (Foto: Mateus Raugust/PMPA)

Anunciado nesta semana, o plano estadual de construção de núcleos urbanos para desabrigados pelas enchentes em quatro cidades gaúchas deve se concretizar em um prazo de até 20 dias.

As estruturas serão montadas em Porto Alegre, Canoas, Guaíba e São Leopoldo, conforme informado pelo vice-governador Gabriel Souza em entrevista à imprensa.

Os contratos devem ser assinados nos próximos dias, conforme o interesse e logística de cada prefeitura.

A escolha das quatro cidades tem por critério o fato de concentrarem, juntas, a grande maioria dos mais de 78 mil gaúchos mantidos em abrigos e sem perspectiva de voltar para casa – porque perderam o imóvel ou a água ainda não baixou.

Outro aspecto considerado é que os espaços emergenciais não são adequados para acolher tanta gente por longo período, conforme argumentou Souza:

“Estamos trabalhando para criar ambientes mais qualificados para quem ainda precisar de abrigo. São ginásios de esporte, CTGs, clubes, escolas e universidades, com menos condições de conforto, qualidade e dignidade para atender a essas pessoas. Além disso, algum dia esses locais terão que retomar suas atividades originais.”

Denominadas “cidades provisórias”, essas áreas deverão ter banheiros, chuveiros, dormitórios separados por família, lavanderias coletivas, cozinhas comunitárias, espaço para as crianças e animais de estimação. A ideia é de que as infraestruturas atendam os desabrigados até que residências do programa federal ‘Minha Casa Minha Vida’ ou do estadual ‘A Casa é Sua’ estejam disponíveis.

“A maioria das pessoas certamente conseguirá acessar o aluguel social do governo do Estado com as prefeituras ou, eventualmente, voltar para suas casas”, prosseguiu o vice-governador, que nesta semana discutiu o assunto com representantes dos Ministérios Públicos Estadual e Federal. “Mesmo assim, restará um grupo numeroso e que precisaremos contemplar com a albergagem.”

 

Locais

– Porto Alegre: Porto Seco (bairro Rubem Berta, Zona Norte).

– Canoas (Região Metropolitana): Centro Olímpico Municipal.

– São Leopoldo (Vale do Sinos): Parque de Eventos.

– Guaíba (Região Carbonífera): área em estudo.

 

Críticas

O plano ainda não saiu do papel e já é alvo de questionamentos. Dentre os críticos está o deputado estadual Matheus Gomes (PSOL), que vê na iniciativa o risco de criação de “campos de refugiados climáticos”. Em declaração ao site Uol, o parlamentar identificado com causas populares (incluindo o déficit de moradias) opinou:

“Penso que as tais ‘cidades provisórias’ estão surgindo como uma alternativa destrambelhada e isso me preocupa muito. Afinal, o Estado já não tinha planejamento para lidar com uma evacuação de centenas de milhares de pessoas e agora está improvisando”.

Gomes menciona como exemplo o local no radar do governo estadual para implementar a estrutura em Porto Alegre: “Querem uma cidade provisória no Porto Seco [utilizado para eventos pontuais como os desfiles das escolas de samba], que é uma área periférica e extremamente precarizada, sem condições adequadas e com uma série de problemas”.

 

(Marcello Campos)

 

osul.com.br

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas