Chuva de meteoros deve ser vista do RS na madrugada desta terça

Tempestade é resultante do Cometa 73P/Schwassmann-Wachmann que, em 1995, deixou fragmentos e uma trilha de partículas em sua órbita. Saiba melhor horário para observar o fenômeno.

Por Redação Serra e Litoral em 29/05/2022 às 22:34:47
Sobreposição da atividade registrada nos últimos dias - Foto: Observatório Espacial Heller & Jung/Divulgação

Sobreposição da atividade registrada nos últimos dias - Foto: Observatório Espacial Heller & Jung/Divulgação

Uma chuva de meteoros, chamada Tau Herculídeas, poderá ser vista do Rio Grande do Sul nesta semana. O fenômeno é resultante do Cometa 73P/Schwassmann-Wachmann que, em 1995, deixou fragmentos e uma trilha de partículas em sua órbita.


O professor Carlos Fernando Jung, do Observatório Espacial Heller & Jung, localizado em Taquara, na Região Metropolitana de Porto Alegre, explica que na madrugada desta terça-feira (31), a Terra deve atravessar, pela primeira vez, essa nuvem de detritos, o que vai gerar a tempestade de meteoros.


"A previsão é de que muitos fragmentos entrem, porque é a primeira vez", destaca Jung. Ele cita estudos que estimam de 10 mil até 100 mil meteoros por hora em condições ideais de observação. "A previsão do tempo é boa, possivelmente vai dar pra ver. Vamos tentar registrar em tempo real."


A maior intensidade da chuva será por volta das 2h de terça. O professor ressalta que o pico principal da chuva deve ocorrer em uma janela de 30 a 40 minutos. Mas na noite desta segunda (30) e madrugada de terça (31) poderão ser observados inúmeros meteoros.


De acordo com o professor, apesar da neblina nos últimos dias, já foi possível registrar atividade maior durante as madrugadas. Ele afirma que o tamanho dos fragmentos é imprevisível, bem como o local onde vão cair.

Fonte: G1

Comunicar erro

Comentários

Booking.com