Governo federal trabalha solução em “três frentes” para evitar nova tragédia no Rio Grande do Sul

A ideia é evitar que o episódio se repita, num contexto em que eventos extremos devem ser cada vez mais recorrentes - Foto: Ricardo Stuckert/PR

Enquanto ainda atende emergências no Rio Grande do Sul, o governo federal dá primeiros passos por uma “solução estrutural” para as regiões assoladas por enchentes há mais de um mês.

A ideia é evitar que o episódio se repita, num contexto em que eventos extremos devem ser cada vez mais recorrentes.

A partir da Infra S.A, empresa do governo responsável pelo planejamento e estruturação de projetos em transportes, contratará os estudos para trabalhar a solução em “três frentes”. A tendência é de que a alemã GIZ, que trabalha desde os anos 1960 junto ao Brasil neste tipo de iniciativa, seja parceira.

A informação foi detalhada pelo secretário-executivo do Ministério dos Transportes, George Santoro. Segundo o número 2 da pasta, a primeira “frente” analisará drenagem dos afluentes do Lago Guaíba, que nascem na serra, como os rios Jacuí (responsável por 84,6% de suas águas), dos Sinos (7,5%), Caí (5,2%) e Gravataí (2,7%).

Um segundo estudo buscará soluções para o esvaziamento ou retenção de líquidos do próprio Guaíba, em Porto Alegre e região metropolitana. Por fim, haverá uma frente voltado à Lagoa dos Patos (onde deságua o Guaíba), que analisará possibilidades de drenagem.

“Ninguém sabe ao certo o melhor caminho para se evitar que isso se repita. Vamos ter um diagnóstico mais preciso somente após estes três estudos, que ainda estamos modelando”, disse.

O episódio no Rio Grande do Sul acendeu “sinal de alerta” dentro do governo para necessidade de incentivar a resiliência de infraestruturas Brasil afora. A avaliação, no entanto, é de que o orçamento é curto e exige fontes alternativas de recursos, como fundos estrangeiros.

 

osul.com.br

Guia Serra e Litoral só R$ 20 POR ANO
Estamos em faze de lançamento, Anuncie Conosco preço promocional

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Serra e Litoral nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube. Tem também o nosso grupo do Telegram e Whatsapp.

Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?

Olá, Seja bem-vindo!
Você já acessou a nossa Página Osório na Web hoje?
𝐀𝐜𝐞𝐬𝐬𝐞, conheça e fique bem informado(a) dos acontecimentos do 𝐃𝐈𝐀-𝐃𝐈𝐀.

Osório na Web e Portal Serra e Litoral Juntos.
Segue o Link da Página

Página Osório na Web

Redes do Grupo Fortes Publicidade
Notícias atualizadas 24h.

Receba as principais notícias do Portal Serra e Litoral no seu WhatsApp

Notícias Relacionadas